Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 24 de novembro de 2013

Atoa na vida
Pensamentos a girar
Nada enfim é concreto
Sou folha seca a voar
Esperando desintegrar
Para em adubo me transformar
Incentivando outros seres
Ver a vida versejar
Sendo adubo me fundo
Com o todo novamente
Na fusão do profundo
Renasço como semente
Logo sou um broto
Sentindo a vida renascer
Das entranhas da terra
Para crescer e florescer
Não mais atoa na vida
Uso o vento pra me levar
Com a certeza do destino
Que agora irei traçar

sábado, 19 de outubro de 2013

Momento de Inspiração

Hoje acordei com vontade de brincar,
 Brincar de escrever
Brincar de me inspirar,
Inspiração!  Elevação!
Amor e gratidão.
Dar pensamentos bons
Ao meu grandioso coração.
Vontade abençoada,
Que faz minha alma lavada
Conectar com a alegria,
E formalizar uma bela coreografia...
Curtindo a leveza do ser
Agradecendo o lindo amanhecer...
No canto dos pássaros vou viajar,
Com o aroma das flores me alimentar.
Nas nuvens vou me moldando
No azul intenso do céu me banhando
E ao meu próximo cada vez mais, amando...
Eu e você somos um, onde formamos um só Ser.
Que faz parte do todo, para unidos viver,
 No nosso planeta azul e lindas histórias escrever.

Som da Chuva - Para Dormir e Relaxar (2 horas)

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Quero Ser seu Anjo




Ando na praia querendo te encontrar
Mas, se eu não te achar,
É porque eu não soube procurar...
Não vou desistir,
Não vou pensar em sumir,
Até mesmo se um dia
Eu tropeçar e cair
Vamos lá !
Não digo seu anjo
Mas, posso ser seu guia.
Serei seu protetor,
Mas, quem sabe um dia?
Quero seu amor,
Quero ser seu bem querer,
Proteger a nossa sorte,
E feliz te fazer...


         Poema de  "Marlon Vitor"

domingo, 6 de outubro de 2013

Um Brinde a 18 de Abril

Por anos passei este dia,
Comemorando uma fantasia
Tão real que até parecia,
Fazer parte de mim, ou de nós...

Desta fantasia ficaram as marcas
De lembranças eletrizantes,
Que deveriam ter morrido
Junto com os instantes.

De verdades mentirosas,
Liberdades prisioneiras.
Das histórias inacabadas
Por incertezas rotineiras.

Pego uma taça de vinho
Para brindar,
Com a imagem que está
No espelho a me olhar


─ Tim... Tim... Digo pra ela!
 que pergunta pra mim.
─ Vamos recomeçar
neste principio do fim?

pisco, enviando um sorriso
após um gole de vinho
sinto o regozijo
de um sentimento que faz
descobrir que hoje
estou em paz...

De certa forma estarei
Sempre a fantasiar
Que esta data um dia
Levou-me a sonhar...



quinta-feira, 9 de maio de 2013

Sou Um Viajante do Labirinto Profundo do Meu Eu


Viajando na imaginação, me encontro 
dentro de um profundo labirinto
de pensamentos e sensações.

Mesmo veterana na viagem
Às vezes não encontro passagem
E dentro do labirinto me perco
Explodindo em um mar de emoções.

Com um pulsar quase sem controle
Sinto o medo fechando o cerco
Mas sei, só depende de mim,
Tentar sair ou me entregar,
Dai será o principio, ou fim...

Usando a sabedoria, paro para respirar,
Sempre existe um caminho 
por onde deveremos caminhar...
É ai que está à beleza da vida...
Mesmo dentro de profundos labirintos
 encontramos sempre uma saída...

                        Janett Morais

domingo, 6 de janeiro de 2013

A Lua e as Nuvens



As nuvens brigam
Tentando encobrir
A beleza da lua
Que está á surgir...

Nesta junção incandescente,
Criam imagens disformes E transparentes,
Ora em forma de anjos,
Ora em forma de serpentes.

Vitoriosa na luta
A lua surge autentica
Brilhante e soberana,
Desfazendo as imagens
Loucas e insanas...

Numa explosão de beleza
Ela se deixa admirar,
Sem um resquício de nuvens
Que venha lhe ofuscar.

E então... Todos os astros do sistema solar
Curvam-se para lhe reverenciar.

 Janett Morais