Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Para minha norinha...

Parabéns para você Tai!! Por fazer anos de vida.

Deus te dê paz, felicidade, e uma vida bem comprida,

com saúde e qualidade. Conservação do teu amor

com duração para a eternidade.


Sempre te achei, uma garota bem centrada.

Inteligente, criativa, forte e determinada


Muito mais tu me surpreendeu, quando teu filhinho nasceu.

Vendo você se tornar uma mãe tão extremosa e uma nora

muito mais atenciosa, e amorosa.

Muitos atritos tivemos,

pensei várias vezes em desistir, de tentar entender

porque você era assim. Sempre com o pé atrás

em relação a mim.


Agora quero te dizer, é muito bom ter você

como a mulher do meu filho, a mãe do meu neto

Você é a nora que eu sempre quis ter.


Hoje me sinto bem, em estar junto com vocês

é prazeroso de ver, uma linda família crescer

com amor e garra pra valer.

Vocês, chegarão longe, porque nasceram pra vencer.

Mais uma vez... Parabéns pra você...
Por ser uma grande mulher, e uma mãe pra valer...

Feliz aniversário para você...

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

" Menino Franzino " do meu segundo livro de poemas " Vozes do Pensamento"

Olhar profundo...

jeito de menino

num corpo franzino

comprido e delgado


Menino corajoso,

se deu por inteiro

a um amor repentino

Menino guerreiro


perdeu a razão

na sua simplicidade de intensão

ao querer, adulto se tornar,

para entregar seu coração



viveu com intensidade,

amou de verdade,

esqueceu por um tempo

da sua pouca idade


reprimindo, sucumbindo

vivendo fingindo

menino franzino

chegou a crescer


depois de viver, etapas vencidas

foi regredindo, criando feridas

menino franzino

destruindo a vida


Sem segurar, a fé de estar,

entre a paixão, o amor e a razão.

Não mais se dedicou, a alegria de brincar

de lutador, e de se superar



Olhar profundo que tanto encantou,

ficou opaco, sem brilho, sem vigor

menino franzino

de repente murchou


Desmotivado, vivendo sem tino

seu corpo franzino a doença buscou,

vivendo cabisbaixo

menino franzino, sua luz apagou


Dentro da escuridão

destruiu a condição

de buscar a razão da alegria de viver

menino franzino

agora só pensa em morrer...

Pensamentos

Enquanto o amor enriquece o nosso espirito, o ódio empobrece.